05 agosto 2010

NO VERÃO FICO SEMPRE MAIS NOVA

Neca, um mecânico de automóveis, e Tino, estudante de Filosofia, discutem recorrentemente se, numa canção, o mais importante é a música ou a letra.
Nas horas vagas, os dois, juntamente com Romeu (que monta placas de pastilha de azulejo), Berto, Júlio e Gasparinho, ensaiam o repertório de Os Capuchinhos & o Lobo Mau, uma banda que anima bailes populares na cidade do Porto.
Um dia, sem suspeitar que esse passo vai modificar a sua vida, Romeu aceita executar um serviço obscuro em Viana do Castelo. Ali conhece Diana e Leny, alunas do liceu local.
No Verão Fico Sempre Mais Nova é um romance musicado e de mistério, mas, mais do que isso, é a história de como um amor se pode tornar eterno sem se dar por isso.
O livro (386 páginas) pode ser encomendado à Amazon, onde foi publicado para as Edições Variância. Para comprar clique aqui.





No verão fico sempre mais nova
Ao clicar sobre a capa do livro terá uma amostra do seu conteúdo e poderá ler todo o primeiro capítulo.









Já aqui por baixo pode ouvir aquelas que são (ao ler o livro perceberá o porquê) as duas composições musicais mais marcantes desta história. Uma é uma música, a outra uma canção; uma é de amor, a outra de morte.



"Minor Swing", Django Reinhardt (1937).                  "Guarda Che Luna", Marino Marini (1959).                     



Informação sobre o livro ou a sua banda sonora podem ser pedidas para aqui.