07 abril 2012

FALTA-ME A POSIÇÃO


       Fumo, sonho, recostado na poltrona.
       Dói-me viver como uma posição incómoda.
       Deve haver ilhas lá para o sul das cousas
       Onde sofrer seja uma cousa mais suave,
       Onde viver custe menos ao pensamento,
       E onde a gente possa fechar os olhos e adormecer ao sol
       E acordar sem ter que pensar em responsabilidades sociais
       Nem no dia do mês ou da semana que é hoje.


[excerto do poema de Fernando Pessoa Lembro-me bem do seu olhar, escrito em data desconhecida.] 
© Fotografia de Pedro Serrano, São Tomé e Príncipe (Hotel Pestana), 2010.