31 agosto 2011

NOCTURNO N.º 2 (em B flat traseiras)

Foto: Pedro Serrano, Cascais 2008.


Soturno,
Prato esgotado em menu,
Nem para o bem passado
Nem para o desmaiado cru,
Espero, sem esperar totais,
Que, entre o tilintar de metais,
Chegue alguém como tu
E me expulse este nocturno
Para um canto mais
Diurno